Processo Mulch - Como é produzido? | Mulch - Paisagismo

COMO É PRODUZIDO O MULCH?

PROCESSO MULCH: A RECOLHA

 

Como a técnica de mulch orgânico consiste no reaproveitamento de resíduos naturais (matéria orgânica seca) é necessário a recolha desse material, encontrado naturalmente em florestas e matas.

 

Sendo apenas recolhida matéria morta encontrada no solo, não existe nenhum processo de deflorestação, garantindo assim a sustentabilidade ambiental.

 

São exemplos de resíduos naturais utilizados na produção de mulch orgânico:

 

  • Aparas de madeira
  • Caruma 
  • Folhas
  • Sementes
  • Frutos
  • Palha
  • Relva
  • Serradura 

PROCESSO MULCH: A TRANSFORMAÇÃO

 

Após a recolha do material é necessário separá-lo, pois cada componente tem propriedades diferentes, com diferentes efeitos e vantagens para o solo.

 

Poderão também ser adicionados outros componentes como estrume, especialmente para soluções agrícolas.

 

Após a separação, os componentes são triturados e trabalhados para a formação de diversos tipos de mulch.

PROCESSO MULCH: A APLICAÇÃO

 

A última fase do processo é a aplicação do mulch em plantações agrícolas, jardins, hortas, parques infantis ou espaços verdes urbanos, entre outros.

 

Para tal é realizado um estudo com as características do solo, condições climáticas, fauna e flora da área envolvente, entre outras variáveis. É realizado um planeamento da área a intervir e aplicado o mulch, criando assim novas soluções para jardins. Existem duas principais técnicas de aplicação do mulch:

 

  • Sobre o solo: o mulch é aplicado por cima ou em redor da plantação (caso exista), formando uma camada protetora;
  • Vertical: com o auxílio de ferramentas próprias, o mulch é aplicado diretamente no solo, numa profundidade até 45 cm.
Mulch - Paisagismo © 2016